ClubEnsayos.com - Ensayos de Calidad, Tareas y Monografias
Buscar

LA IGLESIA CATÓLICA EN LA HISPANOAMÉRICA COLONIAL


Enviado por   •  4 de Diciembre de 2018  •  Resúmenes  •  774 Palabras (4 Páginas)  •  7 Visitas

Página 1 de 4

LA IGLESIA CATÓLICA EN LA HISPANOAMÉRICA COLONIAL

Para entender a organização da igreja católica no novo mundo é preciso compreender o contexto em que se encontrava a península ibérica. Que ao final da Idade Média já havia sofrido o processo de reconquista dos seus territórios cristão pelos árabes, houve uma mescla de elementos cristão e mulçumanos, o estado moderno do século XIII exigia uma uniformidade de crenças, por outro lado o século XIV preconizava um estado que controlasse todas as forças da sociedade inclusive a igreja.

Os processos de expansão de territórios tanto da Espanha como de Portugal sempre sofreram intervenção da igreja, que justificavam suas ações pelos problemas humanos, religiosos e estruturavam a organização do trabalho de evangelização. Para além de explorar os territórios conquistados os conquistadores eram responsáveis por converter os habitantes, tendo controle sobre as ações da igreja, e a subjugando a coroa que só tinha a missão de pregar lealda à coroa e civilizar os índios.

Ações que convinham ao estado, mas deixava a igreja de pés e mãos atados, logo surgiria conflito entre esses dois polos. As sociedades conquistas já tinham sua própria organização política, social e religiosa, os conquistadores estavam convencidos de que a conquista era em favor religioso e de honra estes conquistavam com a força da espada e apoiavam os frades em conquistas religiosas.

Durante os séculos XV e XVI a península ibérica passou por diversas reformas religiosas, quem se decidisse por ter uma vida ligada a religião, tinham exemplos de homens diretamente ligados a coroa como protótipos ideal. As reformas no Novo Mundo foram vistas como oportunidade de corrigir os erros cometidos na Europa, compartilhavam dos ideais de correntes milenares e utópicas.

Ainda assim eram evidentes as influencias europeias nas igrejas hispano-americanas, as práticas religiosas eram feitas em latim, uma forma de mantes o controle nas mãos do clero, e na América foi ratificado pela superioridade racial que já existia. A presença da igreja católica nas colônias americanas foi fortemente influenciada por duas correntes pela transferência de valores da Igreja da Península e pela intervenção do Concilio de Trento.

Mesmos sob essas condições se descaram homens que afim de seguir a vocação desobedeciam às ordens já estabelecidas e se posicionaram a favor dos índios. Do século XV ao XVI a igreja conseguiu se estabelecer por toda a América, a cada nova conquista militar era estabelecida uma diocese no local, depois de 1600 poucas foram estabelecidas, excepcionalmente Buenos Aires é um exemplo uma grande organização eclesiástica.

A justificativa do estabelecimento da igreja católica nas colônias da América, é que eles tinham a missão de transcender e conservar a fé espanhola. Foram estabelecidas paroquias que eram encarregadas de gerir a vida social dos novos convertidos. Foram estabelecidas também ordens religiosas franciscanas, dominicanos, agostinianos mercedários e jesuítas que deixaram seu à vida dos colonos, os jesuítas contribuiu grandemente no campo da educação.

...

Descargar como (para miembros actualizados)  txt (5.1 Kb)   pdf (75.5 Kb)   docx (12.3 Kb)  
Leer 3 páginas más »
Disponible sólo en Clubensayos.com